Saiba qual o melhor tipo de entrega para o seu pequeno negócio

O varejo foi um dos principais tipos de negócio que sentiu significativamente os impactos do isolamento social. Como alternativa para driblar isso, muitas empresas aderiram ao sistema de delivery. 

Mas mesmo antes da pandemia, o mercado já contava com inúmeras empresas de entrega que atendiam os mais diferentes formatos, como supermercados, farmácias, restaurantes etc.

Depois do aumento na procura por esses serviços, o surgimento de novas empresas só deixou ainda mais difícil saber qual o melhor tipo de entrega para os pequenos negócios. 

Por isso, separamos aqui algumas opções de entrega para te ajudar a escolher a melhor delas para a sua empresa.

Confira!

iFood

O iFood está entre os aplicativos mais populares, ou o que está presente em mais cidades. 

Esse serviço de delivery online permite que os usuários tenham acesso a diferentes tipos de refeições sem sair de casa, através do aplicativo que é gratuito e disponível para Android e iOS. 

Como funciona

No iFood, os usuários podem filtrar suas preferências de acordo com o local, valores de entrega e categoria de produtos, o que torna muito mais fácil a escolha de sua refeição.

Para os estabelecimentos

No iFood, o cadastro do estabelecimento é feito totalmente online pelo aplicativo ou pelo site da plataforma, através do preenchimento de um formulário básico sobre as informações do negócio.

Após isso, o iFood entra em contato com o estabelecimento para dar apoio à configuração do Gestor de Pedido, sistema para acompanhar as solicitações que chegam para a empresa.

Quanto custa

O iFood possui 2 planos: básico e entrega.

No plano básico, o estabelecimento só pagará quando vender pela plataforma. Os requisitos desse plano são os seguintes:

  • 12% sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega (mais 3,5% para pagamento online);
  • Mensalidade grátis por 3 meses. Após isso, há um valor de R$100,00 por mês, caso venda mais de 1800 reais por mês;
  • Entrega do pedido realizada pelo restaurante.

Já no iFood entrega, o delivery fica por conta da plataforma, e os requisitos são:

  • 25% nos três primeiros meses e 27% nos demais meses, sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega; 
  • Mensalidade grátis por 3 meses. Após isso, é cobrado um valor de R$130,00 reais por mês se vender mais de 1800 reais no mês;
  • Entrega feita pelo iFood.

Rappi

O Rappi é um aplicativo de entregas e-delivery disponível para Android e iOS, e é um dos que fazem parte da categoria que entrega todos os tipos de mercadorias.

Foi com esse formato de negócio que o Rappi ganhou espaço na grande maioria das cidades, facilitando algumas tarefas do dia a dia dos usuários.

Como funciona 

Na plataforma Rappi, os usuários encontram os estabelecimentos e depois buscam pelos itens que precisam. Após isso, eles adicionam os itens no carrinho e realizam o pedido, que é recebido pelo estabelecimento e posteriormente preparado para a entrega.

Para os estabelecimentos

Para cadastrar o estabelecimento na plataforma, basta acessar o site da Rappi e preencher o questionário disponibilizado pela empresa com alguns dados, como nome, localização, número de franquias, categoria de alimento etc.

Depois de receber um cadastro de um novo estabelecimento, o Rappi faz uma análise do parceiro, para garantir a qualidade das empresas disponíveis na plataforma.

Se aprovado, o estabelecimento recebe uma notificação com os termos e o contrato do serviço, que deve ser assinado pelo negócio e enviado novamente à plataforma. Nesse documento, já estará disponível login e senha para instalar o aplicativo de parceiros Rappi.

Quanto custa

Para ativar o estabelecimento na plataforma, a Rappi cobra uma taxa única de R$40,00, que é descontado no primeiro repasse de ganho feito para a empresa associada.

Além dessa taxa, o contrato Rappi determina uma taxa de 3,5% sobre o valor de cada transação, conhecida como Taxa de Pagamento a Crédito.

A plataforma não exige que os preços praticados no cardápio online sejam os mesmos do estabelecimento, o que facilita uma análise de precificação, para que a taxa possa ser repassada ao cliente final.

Loggi

A Loggi é um aplicativo de entregas via motoboy, disponível para Android e iOS, que conecta estabelecimentos e pessoas físicas a entregadores cadastrados.  

A empresa não se considera uma transportadora, mas sim uma intermediadora entre as duas partes envolvidas na entrega.

Como funciona

Dentro do aplicativo Loggi, o cliente solicita uma entrega, que chegará até um entregador parceiro. Com esse pedido aceito, a Loggi envia uma mensagem de texto ou e-mail, para que o solicitante rastreie o trajeto da entrega.

A Loggi não realiza apenas entregas pessoais. A empresa também atende escritórios, e-commerces e restaurantes.

Para os estabelecimentos

As empresas interessadas em se tornarem parceiras Loggi precisam criar uma conta corporativa no site da Loggi, clicando na opção “Criar Conta” e, depois, preencher os dados necessários. 

Assim que o cadastro for aprovado, o dono da conta terá um acesso de administrador e poderá incluir seus funcionários na plataforma.

Quanto custa

A Loggi tem o modelo de precificação em que soma o agenciamento do frete ao pagamento do entregador. 

Assim, a plataforma envia um resumo de cobrança ao parceiro, detalhando o total a pagar, a taxa de concessão mensal e o total consumido com as entregas expressas. 

Uber Eats

Parte do conjunto de negócios da Uber, o Uber Eats é uma plataforma que conecta restaurantes e clientes através do aplicativo, que está disponível para Android e iOS.

Como funciona

Para fazer um pedido pelo Uber Eats, o usuário precisa fazer o download do aplicativo em seu smartphone e inserir sua localização. Após isso, o aplicativo listará os restaurantes e lanchonetes próximos e disponíveis para a entrega.

Depois, o usuário só precisa selecionar o estabelecimento e os itens desejados e, em seguida, confirmar o pagamento. Além disso, o aplicativo também permite que o usuário agende um horário para receber o pedido mais tarde.

Para estabelecimentos

O cadastro de um restaurante no Uber Eats é feito diretamente pelo site da plataforma, com o preenchimento de um formulário online. Após o envio do documento, a empresa entrará em contato para ajustar a parceria. 

O objetivo da análise é manter a qualidade do aplicativo, com restaurantes bem avaliados, que ofereçam bons serviços aos usuários. Ou seja, independente do tamanho do estabelecimento, ele poderá ser associado à plataforma.

Quanto custa

A Uber Eats não cobra taxa de adesão, havendo apenas a taxa de serviço por venda, valor que é cobrado dos restaurantes para cobrir taxas de cartão de crédito e suporte.

A comissão pode chegar até 30% do valor de cada pedido.

James Delivery

O James Delivery é um aplicativo de entregas que não se limita apenas a comidas. Na plataforma, é possível encontrar estabelecimentos como farmácias, pet shops, restaurantes e muito mais.

Assim como a maioria dos aplicativos, ele é gratuito e está disponível para Android e iOS.

Como funciona

Para fazer um pedido pelo James Delivery, o usuário precisa criar ou entrar em sua conta, e já na página inicial do aplicativo, há algumas opções de estabelecimento, como mercado, farmácias e restaurantes, além da barra de pesquisa para buscar um estabelecimento específico. 

Assim que acessar um estabelecimento, basta selecionar os itens e as quantidades, inserir no carrinho, selecionar o tipo de pagamento e finalizar o pedido. 

Para os estabelecimentos

O cadastro de estabelecimentos na plataforma deve ser feito diretamente no site do James Delivery, clicando na opção “Quero ser um parceiro” e preenchendo o formulário de interesse com os dados do estabelecimento.

Assim como acontece na maioria das plataformas, o James Delivery faz a avaliação do cadastro e, em seguida, entra em contato com o estabelecimento para fazer a ativação.

Quanto custa

Os estabelecimentos parceiros do James Delivery têm uma mensalidade fixa no valor R$99,00.

Já os estabelecimentos que não possuem parceria com a plataforma são cobrados com uma taxa de 10% sobre o valor de cada mercadoria vendida.

Categorias deste post:

Recomendações para a sua próxima leitura

Principais plataformas de venda para começar um negócio online

leia mais

O que é link de pagamento e como usar em pequenos negócios

leia mais

O que é marketplace e como funciona na prática

leia mais